TV Show Rural: a ferramenta de inovação de uma feira tão tradicional

Não há safra que se concretize sem respeito às etapas. Não se chega à colheita, antes que cada mínima função do cultivo e desenvolvimento de uma planta tenha sido desempenhada. Assim como o trabalho no campo, a comunicação também só funciona quando quem lança as sementes se conecta com quem faz o manejo que, por sua vez, soma forças com quem colhe, vende, distribui…

Essas lições de trabalho em equipe e respeito aos processos ficaram bem claras durante um job recente da Contelle: a elaboração de videorreportagens para a TV Show Rural, durante a 34ª edição do evento em fevereiro de 2022, em parceria com a Timecom.tv na captação das imagens e edição dos vídeos. O projeto piloto liderado pela equipe de comunicação do evento deixou evidente que nenhuma imagem vai ao ar sem antes ser estudada, programada, captada, editada… Não há transmissão que germine sem uma somatória de fatores.

O Show Rural de 2022 teve 285.212 visitantes e R$ 3,2 bilhões em volume de comercialização, o maior da história, superando o resultado de fevereiro de 2020, quando as vendas atingiram a cifra de R$ 2,7 bilhões.

Mas para aqueles que não puderam visitar presencialmente, a organização da feira pensou em uma estratégia que permitisse ao interessado fazer uma espécie de visita virtual, acompanhando a TV Show Rural, com transmissão ao vivo pelo YouTube feita das 10h às 12h diariamente, de um estúdio montado na feira, compilando as principais informações.

A colheita foi farta: foram 6 dias de produção que resultaram em cerca de 30 matérias distribuídas em 5 edições de um programa inédito na comunicação da maior feira do agronegócio da América Latina. Mas para que essa produtividade fosse alcançada, o cultivo teve que ser estratégico e, a seguir, a gente explica como foi.

Preparo do solo

Bem antes da semana da feira, as pautas já estavam alinhadas. Numa reunião com os integrantes de cada empresa envolvida na transmissão, os detalhes foram definidos com antecedência para que cada membro pudesse se programar e atuar da maneira mais assertiva.

O jornalista Sergio Brum assumiu a apresentação da TV Show Rural

Com temas e contatos em mãos, a equipe Contelle fez o agendamento das entrevistas e imagens necessárias para cada matéria dentro do parque. Com uma agenda programada, já foi possível prever quais reportagens fariam parte de cada transmissão e deixar o jornalista e apresentador Sérgio Brum por dentro dos assuntos.

Plantio

É na semeadura que muito do sucesso da safra se define. Lançamos as sementes começando a captação das imagens e entrevistas ainda na madrugada, fazendo um parque tecnológico de 720 mil metros caber dentro das lentes de uma câmera.

Nessa etapa, o lema foi “pernas para que te quero”. Ao longo de 6 dias de produção, andamos por muitos corredores desbravando estandes, produtos, serviços, lançamentos que mereciam ser conhecidos pelos produtores rurais, estudantes e profissionais do universo agro.

A missão da produtora Emanoelle Beltran era alinhar todos os horários de entrevistas e preparar a pauta para que a repórter Marcele Antonio pudesse captar e escrever todas as videorreportagens com assertividade. Vale ressaltar aqui a importância do conhecimento sobre jornalismo rural, produção e linguagem telejornalística, além da habilidade para lidar com o “deadline” que exigiu agilidade e ritmo.

Manejo

Todo material captado precisava ser manejado para ir ao ar. Depois de organizadas em um texto, as imagens e entrevistas, eram editadas e enviadas para aprovação da equipe do Show Rural e das empresas envolvidas e afinadas de acordo com a necessidade. O principal desafio, que era lidar com o tempo curto entre a captação e o horário de transmissão, foi vencido com organização e bom relacionamento entre a equipe, que ficou instalada na redação/estúdio montado dentro do parque tecnológico.

Colheita

Esse trabalho resultou em 5 programas ao vivo de cerca de 2 horas de duração, alimentados com mais de 30 videorreportagens produzidas pela Contelle e Timecom.tv e complementados com entrevistas ao vivo. Da estreia, na segunda-feira, até o encerramento, na sexta-feira, foi possível abordar variados temas pertinentes ao público: novidades das empresas de sementes, lançamentos dos expositores de pecuária, os modernos maquinários, as estruturas novas montadas no parque para ampliar a oferta de conhecimento, as programações voltadas para os pequenos, médios e grandes produtores, as diferentes tecnologias e técnicas voltadas para o campo e a realização de eventos dentro da feira, como o hackathon do Show Rural Digital. Material que não só abasteceu as transmissões, como vem sendo otimizado e aproveitado ao longo do ano nas redes sociais do Show Rural.

Nosso balanço é de uma safra de sucesso que somou conhecimento, experiência, agregou networking e estreitou parcerias.

Equipe de edição da TV Show Rural

Feedback

“Quando criamos o projeto da TV Show Rural, sabíamos do desafio que seria cobrir os principais acontecimentos da feira, que acontece em uma área de 72 mil metros quadrados e conta com mais de 500 expositores, além de ser o principal evento do País em lançamentos realizados pelas empresas do agronegócio. Por isso, decidimos contratar equipes terceirizadas para nos apoiar neste desafio.

A grade de programação da TV Show Rural teve entrevistas e debates ao vivo, assim como reportagens produzidas por duas empresas parceiras, a Contelle e a TimeCom TV. Foram dias muito intensos devido ao curto espaço de tempo para produção, pois a grande maioria das gravações ocorreram e foram veiculadas durante os cinco dias da feira.

Por isso, o profissionalismo e o espírito colaborativo entre as equipes foram fundamentais para a entrega. O resultado foi a produção de 30 vídeos com conteúdo de alta qualidade para um público qualificado do agronegócio. Para alcançarmos este resultado, foi determinante contar com o time da Contelle, em especial a Manu e a Marcele, por sua postura e dinamismo, por sua acuidade na produção jornalística.

Considero a Contelle uma equipe de excelência, e o seu diferencial avalio que seja o fato das suas integrantes reunirem importantes habilidades pessoais (people e soft skills), que elevam o nível de qualidade das suas hard skills (competências técnicas). Parabéns pelo trabalho! Compartilho aqui a minha admiração por esse time e desejo muito sucesso!”. – Carina Walker, jornalista que esteve à frente da coordenação da TV Show Rural.

Emanoelle Beltran, Carina Walker e Marcele Antonio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.